A psicologia do exercício físico

Posted by on janeiro 12, 2016 in TEXTOS EXTRAS

A psicologia do exercício físico

Fazer exercícios físicos é algo que médicos e nutricionistas sempre recomendaram. O que nem todo mundo sabe é que os psicólogos também recomendam a atividade física! E você sabe por quê? Veja os motivos abaixo:
– A psicologia do exercício é uma corrente de estudos que vem ganhando força nos últimos anos. A ideia é estudar os efeitos do exercício no corpo e na psique humana e entender os motivos que estão por trás do exercício,
– A verdade é que as pessoas que fazem exercício relatam um aumento geral na qualidade de vida. Mesmo aquelas que não faziam exercícios porque estavam sempre muito cansadas e não tinham disposição para se exercitarem, elas tiveram sua energia aumentada após o início da prática. Também elas passam a se sentir melhor com o seu corpo, ou porque emagreceram, ou porque ganharam massa muscular.
– Embora a melhora no corpo influencie na sua percepção de vida, melhorando seu estado psicológico, o exercício influencia diretamente sua mente, a um nível inconsciente.

Alguns benefícios psicológicos do exercício
Reduz stress e a ansiedade, melhorando o relaxamento – 30 minutos de exercício ao dia é o suficiente para aliviar essas sensações ruins porque aumentam a concentração de norepinefrina, um neurotransmissor que reduz o stress e a ansiedade. Além disso, o exercício e o alongamento pós-exercício diminuem a tensão muscular. Isso faz com que você relaxe e durma melhor, e uma noite bem dormida pode fazer maravilhas por você.
É um antidepressivo natural – O exercício libera endorfinas após o seu término, dando uma sensação de bem-estar e melhorando o humor, diminuindo também a ansiedade.
Previne o declínio cognitivo – Exercício e alimentação balanceada não curam problemas de memória ou Alzheimer, mas retardam bastante o seu surgimento. A prática de exercícios, especialmente entre 25 e 45 anos aumentam a quantidade de neurotransmissores que previnem a degeneração do hipocampo, parte do cérebro responsável pela memória e aprendizagem.
Aumenta o poder do cérebro – Estudos em homens e ratos demonstraram que o exercício melhora o desempenho do cérebro, aumentando a capacidade de tomada de decisões, pensamento lógico, aprendizagem e memória melhorados.
Ajuda no controle do vício – Sessões curtas de exercício podem ser uma distração do objeto de vício da pessoa (comida, sexo, drogas, álcool), ajudando viciados a se recuperarem. Além disso, ao substituir o vício (especialmente de drogas e álcool) pelo exercício ajuda a melhorar o sono e, com um sono melhor, suas faculdades mentais, como a memória, também melhoram.
Melhora a criatividade – Estudos mostraram que uma sessão aeróbica de uma hora provoca um pico de criatividade por até duas horas depois do fim do exercício.
Fonte de inspiração – Além de ter você mesmo todos os benefícios do exercício, outras pessoas podem se inspirar em você e começar também a se exercitar.

Para começar, algumas dicas.
Faça exames – Procure saber quais são as práticas de exercícios que você está liberado.
Converse com profissionais da educação física – Escolha algo adequado às suas necessidades e tempo.
Escolha algo que goste – Por mais que você não goste de se exercitar, há muito mais tipos de exercícios do que você imagina e exercício precisa ser feito por prazer.
Motivação – Faça uma lista dos motivos pelos quais você quer começar a se exercitar e pense sempre neles quando quiser desistir.
– Busque inspirações – A internet está cheia de gente como a gente que conseguiu emagrecer 50 quilos, que conseguiu vencer a depressão, entre outras coisas. Procure blogs e canais no You Tube por essas pessoas.
– Seja sua própria inspiração – Registre seu progresso em um diário ou fotos. Você vai ver como evoluiu e se inspirar em você mesmo.
Encare como um trabalho – Você não acorda pensando “será que vou trabalhar hoje?”, você simplesmente vai ao trabalho, certo? A mesma coisa acontece com o exercício.
Faça certo – Escolha roupas e calçados adequados à prática que escolher. Não tenha medo do preço, pois um tênis de má qualidade pode prejudicar sua saúde.
Divirta-se! – Esse é o ingrediente principal para sua de rotina de exercício dar certo!

Share

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *