FILME: O SEGREDO DOS SEUS OLHOS

Posted by on dezembro 27, 2013 in Relação de FILMES

FILME: O SEGREDO DOS SEUS OLHOS

Esse maravilhoso filme de 2009 e indicado ao Oscar em 2010, é uma história de suspense e de amor.  Conta com um excelente elenco com Ricardo Darin, Irene Soledad Villamil e Guillermo Francella.

Tudo se passa numa Argentina voltada num pano de fundo político dos anos 70, onde ocorre um crime envolvendo estupro e assassinato onde o autor do referido crime fica pouco tempo preso.  Nessa época o funcionário público Benjamim Espósito (Ricardo Darin), sua chefe, Irene (Soledad Villamil) e o fiel amigo Pablo Sandoval (Guillermo Francella), acompanham do início ao fim este caso e se sentem indignados quando o criminoso é solto por motivos políticos.  Com isso todos os que participaram da acusação do criminoso se sentem ameaçados, pois o mesmo está em liberdade e pode procurá-los por vingança.  Isso faz com que Benjamim resolva sair da cidade e muitos anos depois, quando já está aposentado, resolve retornar à cidade com a intenção de escrever sobre a história do assassinato contando não somente com sua memória, mas também da sua antiga chefe, Irene.

Durante toda a trama do filme, percebemos avanços e retrocessos no tempo e um ponto em comum da história de assassinato que tanto marcou Benjamim com sua história pessoal com a sua ex-chefe.  Benjamim utiliza a necessidade de escrever o livro para se reaproximar de Irene na esperança de solucionar o romance entre os dois que nunca foi consumado, apesar de certas “facilitações” por parte de Irene.

O filme fala da paixão na vida das pessoas.  Essa paixão seria a mola propulsora para que a pessoa não desista de algo, apesar do tempo.  Vamos perceber isso no personagem Benjamim que apesar de sua quase explícita paixão por Irene, não consegue concretizar seu amor pelo fato de que sua paixão maior ser o passado.  A nostalgia o atrai, o enamora e dá sabor à sua vida.  Ao contrário, Irene vive no presente e apesar do seu interesse por Benjamim e de sofrer ao vê-lo ir embora, ela se casa, tem filhos e tem uma promoção no trabalho.  A paixão de Irene pelo momento presente ultrapassa sua paixão por Benjamim, o que não a impede de tomar determinadas resoluções na sua vida atual quando se apresenta uma reviravolta no seu romance com Benjamim.

Paralelo a isso, temos o criminoso que agora está solto e que tem regalias e o viúvo que não obteve justiça para a morte da esposa.  O marido com sua paixão pela esposa vai procurar solucionar do seu jeito e no final podemos nos questionar quem seria o prisioneiro eterno, o assassino ou o marido?  Será que determinadas paixões podem nos tornar prisioneiros e que outras paixões trariam nossa libertação?

Este filme nos envolve com suas passagens de tempo mostrando uma época considerada marcante na história da Argentina, trazendo desdobramentos individuais para cada personagem, onde cada um vai procurar a sua melhor solução levando em consideração suas “paixões” e ao mesmo tempo nos mostra determinadas verdades que vão hipnotizar a todos que as estão vendo.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *